Ei você, você mesmo.
Como consegues sorrir com esse amor no olhar?
Como consegue?

É tão belo esse amor,
aonde o conseguistes?
Poderia ao menos me dar uma dica?
Não?
Obrigado...
mas da próxima vez não tente me enganar dizendo que não sabe.

Queria poder olhar nos olhos de alguém como você fez a olhar para o céu,
eu me sentiria um "Deus".
Não estou a brincar com você.
É sério...
eu não consigo demonstrar tal sentimento de alegria.
Será que eu nasci com defeito?
Como assim eu estou sendo sarcástico?
Estou sendo humilde, eu não consigo.

Adeus e desculpe por incomodar.
Vou ao meu próprio funeral... precisam de alguém que fale de mim por la.


1 comentário

CAROLINA RAMOS em 12 de março de 2012 17:53

Hum finalmente voltaste a publicar ^^ . Ainda bem.
Hum em relação ao poema mesmo indo ver a resposta ao blog, já sabes como é que sou.
As melhoras,
Thanks,
Ka2009

 
▲ Topo